Fantasia de um escravo que se veste de mulher e vira uma boneca sissy

Com os braços presos atrás das costas e tentando me equilibrar no salto alto minha rainha me chama, ela se encontra sentada em seu trono, com minha aproximação ela abre suas pernas, e sem a necessidade de um comando eu sei oque devo fazer, me coloco de joelhos a sua frente, e observo sua virilhidade entre suas pernas, muito diferente da pequena coisa engaiolada entre minhas pernas, começo a beijala da cabeça as bolas, vendo ela crescer aos poucos, assim que começa a se elevar eu a tomo em minha boca , lambendo a cabeça e tentando engolilo todo, com o tempo fica duro como ferro e eu começo a engasgar, nesse momento minha rainha me agarra pelos cabelos e toma controle da cituação as vezes ela enfiar ele todo ate o fundo de minha garganta, e me segura com o rosto enfiado em sua virilha, dando uma chave de pernas ao redor de meu pescoço, enquanto olha nos meus olhos e sorri, enquanto começo a engasgar e lutar para respirar, depois d eum tempo ela me deixa ir apenas para fazer tudo denovo, no fim ela me prende sobre sua cama, imobilizado com a barriga para cima e a cabeça na beirada da cama, ela se aproxima seu pau latejando de desejo, ela penetra minha boca, enquanto suas bolas batem contra meu rosto a cada estocada, elaapeta meu pescoço com as mãos só para centir a pretuberancia de seu pau, toda vez que atinge minha garganta, ela fica assim por quase uma hora no simples vai e vem, treinando minha garganta e meu reflexo,  ao terminar sou preso com as pernas abertas, a rainha se diverte usando o chicote em mim, ela então me ordena a ficar com as pernas abertas, e defere um chute por traz direto nas bolas, e outro e outro e mais outro,  satisfeita ela me solta e me coloca para beijar seus pés pos uma hora, se eu demorar levo uma chicotada , e assim ela me deixa beijando seus pés,  quando a noite chega sou imobilizado curvado com rosto para baixo e bunda para cima,  é nesse momento que a senhora se aproxima e me fode por trás, denovoe denovo, ate que eu gose dentro da cinta de castidade, mas não como um homem que goza em jatos, e sim como uma sissy que goteja, enquanto a rainha me fode, ela  espanca minha bunda aos tapas, ate que ela goze profundamente dentro de mim, por fim enfia um plug anal para manter todo o leite dentro de mim, ao me soltar ela me coloca para mamar devagar em seu pau ate que ela recobre a virilidade e goze na minha boca , mas eu não posso engolir eu devo mantelo na minha boca brincando e saboreando por um longo tempo, no fim a rainha coloca seu pau de alpha perto da minha coisinha engaiolada e me força a observar a diferença obvia. Quando chega a hora de dormir, sou amarrado vendado e amordaçado, mas a rainha coloca um fone de ouvidos na minha cabeça de forma que não posso tirar, e liga o som deles, onde eu passo a escutar a voz dela dizendo como sou uma sissy de como existo para dar prazer a ela, de como nunca serei homem, o único macho ali é ela, e assim a noite coninua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário